Como escolher o melhor ar condicionado

0 Comment

Muitas pessoas acham que existe um melhor ar-condicionado e ponto final. Mas, isso é um
grande mito! O melhor aparelho condicionador de ar varia de pessoa para pessoa, da
situação em que ele será usado e da necessidade de funcionamento e recursos.

Veja agora neste post como escolher o melhor ar-condicionado para você, levando em
conta o que realmente importa!

Escolhendo​ ​o​ ​tipo​ ​de​ ​ar-condicionado​ ​ideal​ ​para​ ​você
Antes de tudo, você precisa conhecer os tipos de ar-condicionado existentes, para quais
situações são mais indicados e as principais vantagens e desvantagens de cada um.
Vamos lá?

Ar​ ​janela
É aquele modelo mais antigo, que parece uma caixa, sabe? Ele tem esse nome porque, por
ter a condensadora e a evaporadora em uma única parte, é necessário criar uma abertura
(espécie de janela) na parede para que seja instalado.

Esse tipo de aparelho é mais barato, tem uma potência menor (logo, atende pequenos
ambientes) e o consumo também é ameno.

Ar-condicionado​ ​Split
Esse é um modelo mais moderno, potente e com funcionalidades extras (timer, filtro de ar
especial, função sleep e outras). Tem o design mais retangular, sem necessidade de abrir
um grande buraco na parede, já que tem a condensadora (parte externa) separada da
evaporadora (parte interna). Isso torna o aparelho mais silencioso e de instalação simples.

É perfeito para cômodos maiores em casa. Tendo tudo isso em vista, acaba também sendo
um modelo mais caro.

Ar-condicionado​ ​portátil
É para ambiente sem espaço ou condição de receber algum dos outros modelos. Ele nada
mais é do que um ar-condicionado móvel. Mas, é importante saber que ele precisa de uma
saída para o tubo de ar que o integra (varanda ou janela).

Essa é uma opção mais acessível que as demais e com um menor consumo de energia. No
entanto, isso afeta o desempenho, que também é menor. Por isso, esse ar-condicionado é
indicado para ambientes compactos.

Atenção​ ​com​ ​a​ ​potência!
Esse é um outro ponto importantíssimo. Depois de escolher o tipo de ar mais apropriado
pela estrutura que cada um exige e a função que cumpre, chegou a hora de definir qual
potência – conhecida como BTU – seu ar-condicionado precisa ter!

Saiba que quanto maior o BTU, mais ele esfria o ambiente; e o inverso também: quanto
menor a potência, menor o desempenho. Mas não basta comprar o ar com maior potência,
afinal, se sua peça é menor, ela poderia ser resfriada por um aparelho com menor potência,
mais barato e com menos custo no consumo de energia.

Para saber qual é o número de BTU mais indicado para seu caso, é necessário levar em
conta:
● quantas pessoas costumam ficar no ambiente;
● quantos eletrônicos existem no cômodo;
● as medidas do espaço (largura e altura).

Tendo essas informações em mãos, agora você pode usar calculadoras de BTU na internet,
que são muito fáceis de achar e extremamente práticas nesse momento antes da compra.

Prontinho! Com essas dicas, agora você está pronto para escolher o melhor
ar-condicionado para você. Nós te desejamos uma boa compra!

0 Comments

    Comente! Adoro sua participação!

    error: Cópia é crime!