Como eliminar manchas das roupas

0 Comment

Como eliminar manchas das roupas, guia rápido.

Natal e Ano Novo se aproximam e, com eles, confraternizações, amigos secretos e as suculentas ceias também entram em contagem regressiva. Esse clima de fim de ano é o momento ideal para reunir a família e os amigos para brindar a chegada de 2018.

Mas nem tudo são flores. Imprevistos acontecem e podem gerar desconforto. Imagine aquele momento em que alguém esbarra na sua taça de vinho e mancha justamente o look que você passou semanas para escolher. Ou aquele instante em que você está comendo e algum molho respinga na roupa nova…

Esses inconvenientes fatalmente farão parte desses dias de comemorações. Mas será que isso é motivo para descartar a peça de roupa nova? Claro que não!

Abaixo, o Gerente Operacional da Quality Lavanderia, Ricardo Monteiro, destaca algumas dicas de higienização capazes de eliminar as manchas indesejáveis e recuperar suas roupas.

Manchou, limpou. Quanto menos tempo a mancha ficar exposta na roupa, mais fácil será sua remoção. Quando limpamos a mancha de imediato, utilizando somente água fria para retirar o excesso, muitas vezes podemos remover praticamente toda a mancha. Caso ainda reste algum resíduo, ele sairá com facilidade quando a peça for lavada posteriormente.

ATENÇÃO: Se demorarmos muito para lavar a mancha, ela se fixará com mais rigor nas fibras do tecido, tornando mais difícil a sua remoção.

Lavagem completa. Existem manchas que são mais difíceis de serem removidas, principalmente de vinho tinto e orgânicas. Nestes casos, podemos utilizar um alvejante (clorado ou à base de água oxigenada). Antes de alvejar qualquer roupa, no entanto, é necessária uma pré-lavagem com água fria e sabão, caso contrário, ao inserir o alvejante direto na peça, a mancha pode se fixar no tecido, ao invés de ser retirada.

Tipos de manchas e cuidados especiais

Além desses cuidados gerais, há outros que vão de acordo com o tipo de sujeira, conferindo melhor remoção e manutenção da peça.

Bebidas. As manchas de vinho branco e champagne normalmente são removidas durante o processo de lavagem normal. Já a mancha de vinho tinto, além da lavagem, requer que a peça fique de molho no alvejante clorado para tecidos brancos ou no alvejante à base de água oxigenada para tecidos coloridos. Caso utilize alvejante oxigenado é importante diluí-lo na água quente (± 60ºC) para mais eficiência.

DETALHE: Sempre que utilizar o alvejante, faça uso também do sabão para obter um melhor resultado.

Geralmente, o álcool sai com facilidade da maioria dos tecidos. A seda é uma exceção, pois poderá destruir os corantes desse tecido, que acaba saindo na lavagem, junto com a mancha, deixando a roupa desbotada.

ATENÇÃO: Nunca lave a seda na máquina de lavar. Isso danifica o tecido. Lave-a manualmente com sabão neutro (sabão para roupas delicadas ou de bebê).

Para manchas causadas por sucos e refrigerantes, o processo de lavagem é o mesmo.

Gordura. As gorduras quentes são as mais difíceis de serem removidas. Para isso, é necessário preparar uma solução com pequena quantidade de detergente de cozinha (65%) e removedor tipo varsol (35%). Aplique essa mistura sobre as manchas de gordura, friccionando com delicadeza. Deixe agir por mais ou menos 5 minutos e depois lave normalmente.

Molho. Os molhos tendem a sair com facilidade das roupas se lavados com água fria e sabão. Caso note excesso de gordura, utilizar o processo acima.

Frutas. As grandes vilãs são as frutas que possuem corantes em excesso, como amora, morango, cereja e ameixa. Além de lavar inicialmente com água fria e sabão, há necessidade de utilizar alvejante oxigenado (pó branco) e água quente. Caso realize esse processo em máquina de lavar, programe o aparelho para fazer uma pré-lavagem com água fria, para depois fazer uma lavagem com água quente (± 60ºC), sabão e alvejante (pó).

Todas essas dicas vão de acordo com o tecido em questão. As fibras naturais, como algodão, linho, seda e lã, geralmente absorvem mais as sujeiras, devido o alto grau de hidrofilidade (capacidade de absorver água) que possuem. Já os tecidos sintéticos têm hidrofilidade baixa, que ajuda a minimizar a absorção das sujidades. Então, além desses cuidados, é importante ficar de olho nas etiquetas das peças para agir de acordo com as indicações do fabricante.

Achou complicado realizar esses processos de lavagem em casa? Uma alternativa confiável é utilizar os serviços de uma lavanderia profissional, lugar onde especialistas adéquam o processo a cada situação específica, com equipamentos próprios que garantem uma limpeza mais eficaz sem comprometer a durabilidade do tecido.

0 Comments

    Comente! Adoro sua participação!

    error: Cópia é crime!