Brincando e aprendendo

0 Comment

Fonte imagem: Google
A criança deve ter um espaço onde possa brincar sem cobranças, se sentindo relaxada e calma. Aí a necessidade de um espaço só para ela, um espaço em que fique sossegada e concentrada na atividade que está desenvolvendo.

Ela estará trabalhando sua criatividade, sua inteligência, sua autonomia e até sua sociabilidade através de descobertas e experiências.

É durante a brincadeira que a criança organiza em sua mente a interação com o mundo. Esta é a hora também de introduzir regras básicas de ordem, cuidado com seu espaço, com seus brinquedos, além de desenvolver o respeito pelos amiguinhos que eventualmente venham brincar com ela.

Reconhecendo o valor do brinquedo

A criança precisa desejar um brinquedo, esperar por ele, sentir um friozinho na barriga com a possibilidade de ganhar ou não o que deseja. Isso faz com que ela sonhe e imagine o momento em que ganhará o brinquedo que quer, despertando assim, a sua imaginação.

Se a família satisfaz todos os desejos da criança, ela cresce com esse padrão de pensamento, achando que a vida sempre lhe proporcionará tudo o que quiser. Dizer “sim”, na maioria das vezes é mais fácil para os pais, evita choro e cara feia, mas pode ser prejudicial para a criança.
Educar exige dedicação integral e é um trabalho árduo.
O quebrar é uma conseqüência do brincar.
Fonte imagem: Google
A criança deixa cair facilmente os brinquedos, pois ainda não tem noção de sua força e o refinamento de seus movimentos não está totalmente concluído.
Na infância, a criança passa por uma fase, em que é muito curiosa e quer saber como o mundo funciona. É através da exploração dos brinquedos que a criança descobre e entende o mundo. Por isso, não devemos recriminá-la quando ao brincar desmonta ou quebra algum brinquedo, isso faz parte de todo esse processo de descobertas.
O melhor a fazer é investir em brinquedos desmontáveis que estimulem a sua coordenação motora, suas habilidades manuais, e raciocínio.
brincadeira se torna um aprendizado quando o brinquedo é escolhido com critério e de acordo com a faixa etária da criança, obedecendo cada estágio do desenvolvimento psicomotor.
Qualquer hora é hora de brincar
Fonte imagem: Google
Qualquer hora é hora de brincar principalmente se for ao ar livre, em companhia de outras crianças de diferentes idades, junto com os adultos ou até mesmo sozinhas.
A criança não precisa de ‘brinquedo’ num determinado local, para se divertir. Ela pega um objeto e dá a ele um significado e assim passa a brincar desenvolvendo sua imaginação.
Emprestar os brinquedos
O ato de emprestar seus brinquedos para os amiguinhos é uma lição que a criança leva para o resto da vida. É o aprendizado da solidariedade. Emprestar significa dividir, compartilhar. Conceitos que quando incutidos na infância fazem toda a diferença na formação e caráter do indivíduo adulto.
Todo esforço para a criança compreender esta atitude é válido, pois estamos ensinando a ela, a qualidade de ser bondoso.
Outra forma de ensinarmos a criança ser desprendida é fazer ela participar de campanhas solidárias, onde ela doa para uma criança pobre um brinquedo seu em bom estado.
A escolha do brinquedo a ser dado, deve ser orientada pelos pais. Este aprendizado pode ser difícil para crianças mais apegadas, muito importante para sua educação.
Cuide para seu filho  não ser consumista
Cabe aos pais não deixar seu filho virar uma criança consumista, dando a ela tudo o que deseja. Os valores do grupo influenciam a escolha do brinquedo, objeto do desejo da criança.
Se os pais acharem que é conveniente e hora de dar este presente para a criança, ótimo. Se acharem que não é conveniente, devem dialogar com a criança fazendo ela compreender que não é tudo o que o amiguinho tem, que ela terá também.
Espaços temáticos
Em uma mesma sala ou quarto de brinquedo os pais podem organizar para a criança espaços temáticos:
• Num canto temos todos os brinquedos que compõe uma casinha de bonecas.
• Em outro é o consultório médico com o kit em miniatura.
• Podemos separar o canto das fantasias.
• No outro o posto de gasolina.
• No outro o autódromo.
• Não esqueça do canto da arte, onde a criança terá todos os matérias artísticos e sucatas para exercitar sua criatividade.
Organizar espaços lúdicos é uma tarefa da família que fará a criança ter um espaço mágico onde irá elaborar suas fantasias e se tornar equilibrada.
Criança deve brincar…
Beijos!!!
0 Comments

    Comente! Adoro sua participação!

    error: Cópia é crime!