Endometriose e infertilidade, saiba um pouco mais

0 Comment
imagem Google

Cólicas fortes e menstruação desregulada são muitas vezes encaradas como sintomas comuns do ciclo menstrual, mas quando melhor investigados podem revelar quadro clínico de endometriose.

Segundo a ginecologista e obstetra Flávia Fairbanks, do Hospital e Maternidade São Luiz, “a doença acomete principalmente mulheres em período reprodutivo e está relacionada a 50% dos casos de infertilidade”.

Todos os meses, o tecido do endométrio (que reveste a cavidade interior do útero) descama ao final do ciclo, caracterizando a menstruação. A endometriose consiste no crescimento desse tecido fora da cavidade uterina, como nas trompas de falópio, ovários, septo reto-vaginal, bexiga e até mesmo intestino, causando obstrução do órgão.

A quantidade de hormônios no organismo é um dos fatores que favorecem o crescimento desse tecido, trazendo dores durante as relações sexuais, alterações no fluxo menstrual e no sistema imunológico da mulher.

Blog de campistabya :ENDOMETRIOSE: Blog das EndoAmigas, ENDOMETRIOSE: Informações.
imagem Google

O diagnóstico da doença pode ser realizado com ultrassonografia, ressonância magnética e exame de sangue. Uma vez detectada a endometriose, são indicados tratamentos clínicos com anticoncepcionais e DIUs medicados.

“Em casos mais graves, a eliminação do foco da doença pode ser feita por videolaparoscopia”. Além disso, tem sido estudado um novo medicamento, à base de progesterona, que promete diminuir os focos da doença ao controlar os níveis de hormônios no organismo.

A Dra. Flávia Fairbanks reforça, ainda, que o tratamento e diagnóstico precoce são de extrema importância, pois podem controlar os sintomas e permitir que a mulher tenha filhos e uma vida sexual normal.

Fonte: aqui
0 Comments

    Comente! Adoro sua participação!

    error: Cópia é crime!