Falando sobre “Virose”

8 Comments

Ola mamães!!!

Fonte da imagem: Google

Com frequência escuto a palavra “virose”, sinto até arrepios, sim, pois essa bendita palavra deixam as mães de cabelos em pé, também não é pra menos.
Muitas vezes a mudança no tempo, o ar seco afeta diretamente a lubrificação das vias respiratórias e a mucosa ressecada faz com que inspiramos mais resíduos, inclusive aqueles que provocam doenças. Na verdade o tempo úmido é excelente para os bebês e crianças.
Vomito, diarreia e febre andam incomodando bastante as crianças nos últimos dias. Os hospitais vem recebendo muitos casos de pacientes que apresentam os sintomas, e creio que você deve ter ouvido alguma mãe ou pai falar sobre esses sintomas recentemente.

Segundo os médicos a melhor dica é manter a criança hidratada, oferecer água diariamente, isotônicos, água de coco e, se a criança aceitar, soro caseiro, com bastante frequência e em pequenos goles.
Em casos que criança que a criança está vomitando muito e não consegue se hidratar  via oral, procure médico, ele  pode optar pelo soro endovenoso, feito em hospitais. a perda de apetite é normal e não devemos força-las a comer e sim  devemos alimenta-las se aceitarem, claro ficamos tristes quando vemos nossos filhos sem apetite, mas lembre-se é apenas uma fase e vai passar!
Para o cardápio, opte por comidas bem leves, nada de frituras, doces ou condimentos. Vale lembrar que não há medicamentos específicos para virose, a não ser aqueles que amenizam os sintomas, como febre e náusea.

Uma dica: mesmo que a virose seja comum nessa época do ano, procure imediatamente o pediatra, isso porque uma infecção intestinal, por exemplo, se apresenta de forma parecida, a doença costuma durar entre 3 e 7 dias. Os sintomas persistindo após uma semana, o médico pedira exames de rotina para verificação, se o quadro é de rotavírus ou infecção bacteriana, por exemplo, e o médico receitara o medicamento adequado.
Mais o cuidado com seu filho é importante durante o período da virose, deixe longe da escola, para evitar transmitir a doença a outras crianças, evite ambientes fechados e com muita aglomeração, coloque uma toalha umida pero do berço ou cama, ajuda umedecer o ambiente, enquanto dormem.
Não é fácil ver seu filho  abatido, mas para cuidar dele você precisa estar bem. Procure se alimentar e dormir bem (na medida do possível).

A doença é viral e logo passa, em pouco tempo, seu filho estará bem novamente e correndo pela casa.

E você tem alguma dica, para colaborar com as demais mamães?

Beijos…

8 Comments
  • Aline Gago

    Responder

    Ótimo post, Cléo!
    Eu como farmacêutica quero agradecer a parte em que você fala sobre os medicamentos.
    Fuja do médico que diz que é virose e passa antibiótico!
    Parabéns, gostei muito!
    Beijinhos

  • Futura mãmã

    Responder

    Verdade…optimo post…
    bj

  • sheR

    Responder

    Nossa Sinhora
    Bebê doente é o cumulo!! Quando é nosso então, piora tudo!!
    Aqui tenho percebido um catarrinho transparente, mas a minha consulta ja ta marcada pra hoje e daqui a pouco vou tirar tudo a limpo!!
    bjO
    Ah, te achei no amigo da mamãe e tou seguindo

  • Leila

    Responder

    olá obrigada pelo apoio no nosso BLOG eu Leila Rocha e meu marido Henrique estamos te seguindo!!! abraço
    http://laurarandrade.blogspot.com.br/

  • "Maria Heloisa"

    Responder

    òtimas dicas Cleo ando fazendo isso com o Renan pois ele ficou resfriado e com o tempo que anda doido eu fico com medo dele fica dodoi de novo.

    beijinhos ♥

  • Adriana Engelmeyer Bouzan Lopes

    Responder

    Sou a própria que já fica de cabelos em pé…..odeio virose!

  • Karina

    Responder

    Oi amiga, parece que tudo que os médicos não sabem explicar de onde vem é virose né? hehehehe Mas faz parte! Ta cada dia melhor seu cantinho viu? beijos no coração!!!

  • Victória

    Responder

    nossa fico procupada quando o Cauê chegar ao mundo , sera q vou conseguir *-*

Comente! Adoro sua participação!

error: Cópia é crime!